segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Vou...


…a partir de amanhã, tirar mais uns diazinhos de férias, desta vez para um sitio de que ainda não vos falei, vou para a minha “casinha da praia” como carinhosamente lhe chamo. Não é bem uma casinha, é a minha roulotte, quer dizer, também não sei se lhe posso chamar roulotte, ou posso?

Bem, vou explicar tudo muito bem explicadinho!

Desde os meus 4 anos que faço campismo com os meus pais, ou por outra, “parquismo”, porque a roulotte dos meus pais (tal como todas naquele parque incluído a minha), está colocada num alvéolo, todo bonitinho, todo arranjadinho, com uma estrutura que a tapa para proteger contra o sol, o frio, a chuva, etc.

A partir dos meus 16 anos, na idade da irreverência, deixei de gostar de ir para lá, os meus pais vivem a cerca de 5 km’s do parque e eu já responsável e com a confiança que os meus pais depositavam em mim, deixei de ir por completo e passei a ficar em casa com o meu irmão, que ainda gostava menos do que eu.

Quando comecei a namorar com o maridão, uma vez o meu pai necessitou de ajuda para algo lá, e eu, lá fui mais o namorado, erro, pois é verdade, ele adorou o parque!!!

De vez em quando, ele e os meus pais lá me davam a volta para uma sardinhada, lá fui cedendo, primeiro porque sabia que era um enorme prazer que dava aos meus pais, segundo porque o namorado gostava de lá ir.

E foi assim, que muitos anos depois regressei ao parque de campismo.

Veio o tesouro mais velho e aí, comecei a perceber que o parque até me dava jeito, ao fim de semana, íamos de manhã, estacionávamos o carro e em 5 minutos a pé estávamos na praia, regressava dava-lhe o banhinho, o almoço, dormia a sestinha e lá íamos á tarde, mais um bocadinho à praia. Escusado será dizer, que o tesouro foi crescendo e tal como o pai, adorava!

De vez em quando, lá passava-mos o fim-de-semana.

Os meus amigos de infância, quase todos por lá permaneceram, alguns casaram uns com os outros, outros, trouxeram os cônjuges de fora, os filhos deles, são hoje os amigos dos meus filhos.

Com o nascimento do Tesourinho, rendi-me por completo e comprei lá uma roulotte (uma verdadeira pechincha, de outra forma não sei se comprava. Achei que seria um disparate não a comprar pelo valor que me pediram)! Se gosto de lá estar? Sinceramente? Faço um esforço, o que mais me incomoda é a casa de banho.

Mas reconheço, que para os tesourinhos é óptimo e a nós também nos faz bem, temos muito convívio, andamos ao ar livre, dá para desanuviar, mas só aos fins-de-semana ou por 3 ou 4 dias de férias, mais do que isso, para mim NÃO!

De manhã, acordamos, tomamos o pequeno-almoço, havaiana no pé, saco de praia e lá vamos nós caminhando 5 minutos até à praia (parte positiva, moro a cerca de 15 minutos da praia e última vez que tentei ir directamente de minha casa para a praia, demorei 1 HORA, isso mesmo), regressamos, o maridão acende o fogareiro, comemos um belo grelhado no carvão e depois da digestão feita, lá vamos novamente até à praia.

Mas vamos ao que interessa, a minha roulotte.

Ora bem, parece que está na moda, “descascar” as roulottes todas por dentro, eu não acho graça nenhuma, mas…a minha está assim, tenho pena e é por isso que nem sei se lhe posso chamar roulotte, ou seja, acaba por ser apenas e só a camarata onde dormimos. A verdade, é que quem faz “parquismo” não necessita de utilizar o fogão, wc, lava-loiça, nada disso dentro da roulotte, tudo isso é feito fora da roulotte, mas mesmo assim…

A minha roulotte é mais velha do que eu, já não anda e pelos anos que tem, há sempre qualquer coisa mais para fazer. Estes dias vão servir para isso mesmo, para arranjar mais umas coisinhas por lá.

Se está como gostava, não, claro que não! Por várias razões; Primeiro porque há muita coisa que o parque de campismo não permite fazer (questões de segurança). Segunda porque o tempo que lá passamos não é assim tanto (este ano ainda só passamos lá um fim de semana). Terceiro, porque não há muito que lhe possa fazer, só tem camas. Quarto, porque sinceramente, talvez por não ser o meu destino de eleição, não dedico muito tempo a embeleza-la, até porque não sou apologista de ter o parque de campismo como tenho a minha casa, se é campismo, há que ter apenas e só, o indispensável.

Fica a promessa, quando voltar, mostro a minha casinha da praia (não tenho uma única foto dela).
 
 
 

Até lá, sejam felizes!

 
Bjs!!!
 
 

14 comentários:

  1. Boas férias linda...aproveita muito a tua csainha da praia! O que interessa é seres feliz! ;)

    ResponderEliminar
  2. Achei piada à história. A vida é feita de ciclos,não haja dúvida.Bom descanso e fico à espera das fotos da casinha de praia/roulotte/cafofo/lar de férias.Kisses!

    ResponderEliminar
  3. O meu sonho e do marido é ter um dia uma autocaravana :) tens que dar mais atenção ao teu "cantinho" da praia, vais ver que te vais sentir bem melhor lá. Espero fotos.
    Boas férias. Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isa, eu também não me importava nada de ter uma autocaravana!

      No inicio da próxima época de praia vou tentar dedicar-me mais aquele cantinho.

      Bjs,
      MJ

      Eliminar
  4. Gosto muito de campismo, daquele de tenda sem conforto e sem eletricidade. Mas o meu sonho era ter uma autocaravana. Mas compreendo que este tipo de férias é só mesmo para quem gosta do estilo.
    Aproveita a tua roulotte e não te esqueças das fotos :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Luarte,

      Não, isso então está fora de questão. A autocaravana convencia-me e também gostava de ter uma, mas acampar de tenda...não está no meu espírito!

      Bjs,
      MJ

      Eliminar
  5. Que sortuda :)Quem não queria ter uma roulotte ...
    Boas féria querida
    Divirtam se muito todos juntinhos ,aproveita bem
    bjs
    Lulu

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá minha querida,

      Obrigada, as férias foram ótimas!!!!

      Bjs,
      MJ

      Eliminar
  6. Eu já tive uma e gostava, mas tambem só para uns diazinhos, depois o conforto da casa chamava por mim.
    Boas férias e muitos grelhados..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Nanda,

      Alguém que me compreende :)
      Os grelhados foram muitos e bons.

      Bjs,
      MJ

      Eliminar
  7. Sabem tão bem essas férias! Aproveito que o resto é conversa! Por mim adoro campismo ou "parquismo" como lhe chama!!!! Bjinho para si!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Manuela,

      E estas souberam-me mesmo bem...

      Bjs,
      MJ

      Eliminar

Obrigada pela visita.